• davivalukas

Code Academy como parceira na estratégia de atração de talentos

Updated: 3 days ago

“A vida não é um problema a ser resolvido, mas uma realidade a ser experimentada”. Soren Kierkegaard, filósofo existencialista dinamarquês

Introdução


Todos nós sabemos que há um iminente colapso na disponibilidade de profissionais qualificados na área de TI em nosso país.


Isso está previsto para acontecer nos próximos anos e há vários motivos que podem ser apontados para justificar tal escassez, como:

  • TI com protagonismo recente

  • Transformação digital abrangente

  • Formação acadêmica lenta

  • Legislação trabalhista ultrapassada

TI com protagonismo recente: não faz muito tempo que a área de TI tem o protagonismo recém adquirido. Isso significa que a cultura da formação de profissionais também é relativamente recente, o que nos leva ao próximo ponto.


Transformação digital abrangente: a IV Revolução Industrial teve início na década de 1990, mas, por motivos evidentes, países emergentes como o Brasil demoraram um pouco mais para aderir à transformação digital decorrente desse processo. Dessa forma, quando a digitalização tornou-se uma necessidade primária e urgente, nós já estávamos muitos passos atrás nessa caminhada rumo ao mercado do futuro. Além disso, todas as empresas, das menores às maiores, passaram a ter essa necessidade praticamente ao mesmo tempo.


Formação acadêmica lenta: outro fator importante, e que talvez seja o mais diretamente ligado à ideia que vamos desenvolver nesse artigo, é a da lentidão da formação acadêmica tradicional. Esperar quatro ou cinco anos para que um analista de sistemas, engenheiro da computação ou outro profissional similar esteja apto a atuar no mercado é um tempo impensável, totalmente descolado da nova realidade digital. Uma alternativa a esse problema está na formação acelerada de profissionais através das code academy como o projeto Alpha EdTech.

Legislação trabalhista ultrapassada: a Consolidação das Leis do Trabalho, popularmente chamada de CLT, legislação trabalhista vigente no Brasil, foi criada na década de 1940, portanto em um contexto sociocultural completamente distinto do que vivemos hoje. Por isso, ela cria uma série de entraves que dificultam a contratação acelerada de profissionais. Esse problema foi parcialmente resolvido com a criação do conceito de microempreendedor individual (também conhecido como MEI), regulamentado pela Lei 10406/02, que passou a permitir a criação de pessoa jurídica de forma simples, barata e online, retirando praticamente toda a burocracia comum nos processos de abertura de empresas no Brasil. Mesmo assim, ainda há muito a se evoluir nesse sentido.


Agora que nós já fizemos algumas considerações introdutórias sobre o tema da escassez de profissionais de TI, vamos entender como as empresas estão resolvendo esse problema através da parceria com as code academies, escolas focadas na formação acelerada de profissionais de TI.


Continue comigo para entender melhor!

 

O que é uma Code Academy


Code academy, também chamada de code school, é o nome que se dá às escolas de programação focadas na formação acelerada de profissionais.


Conforme nós vimos na introdução do presente artigo, uma das dores do mercado de TI estava na lentidão da formação acadêmica tradicional, e essas escolas de código surgiram como uma forma de resolver essa dor específica.

Por conta dessa dor específica, o mercado passou a flexibilizar as exigências acadêmicas antes imprescindíveis. Muitas empresas sequer exigem a comprovação de ensino formal na área, preferindo averiguar na prática se o candidato realmente sabe programar.


Outras empresas apostam muito na formação dentro de casa (clique aqui para ler um artigo que publiquei no mês passado sobre o tema). Algumas empresas inclusive criam sua própria code academy. Há os prós e contras, mas se você possui uma empresa, precisa com urgência de profissionais qualificados, não pretende investir agora em uma code academy própria e ainda quer apoiar pessoas em vulnerabilidade social, leia esse artigo até o final, pois nós podemos te ajudar.

 

Conheça o Alpha EdTech


O projeto Alpha EdTech, nascido no Instituto Alpha Lumen e apoiado por uma série de empresas parceiras, é uma code academy de formação acelerada, com excelência, sem fins lucrativos, que contrata e remunera talentos como aspirantes a desenvolvedores para que se desenvolvam trabalhando em projetos reais em conexão direta com empresas e com o mercado de trabalho.


A Alpha EdTech tem foco em pessoas de baixa renda ou em vulnerabilidade para gerar mobilidade social e entregar novos profissionais para a área de tecnologia.


Nós somos uma entidade que busca gerar impacto social através de ações educativas, da democratização do conhecimento e apoio ao talento por meio da abertura de oportunidades, inovação em metodologias de aprendizagem e implementação de tecnologias que venham a gerar mobilidade social para jovens, adultos e crianças de baixa renda ou em vulnerabilidade, no Brasil e no exterior.


Conheça agora alguns de nossos diferenciais.

 

Diferenciais Alpha EdTech


Agora que nós já fomos apresentados, deixa eu te contar alguns diferenciais do nosso trabalho.

  • Projeto social: nosso projeto prioriza aspirantes que estejam em situação de vulnerabilidade social. Mas isso não significa que o nosso processo seletivo não seja um dos mais exigentes que você vai encontrar;

  • Solução ágil: nosso curso tem a duração de um ano e meio, dividido em três ciclos de seis meses cada um;

  • Solução para gerar oportunidade: nossos aspirantes são remunerados. Dessa forma, podem se dedicar ao aprendizado em tempo integral;

  • Desenvolvimento de soft skills: aqui, nossos aspirantes têm aulas que desenvolvem as habilidades comportamentais desde o primeiro dia. Além disso, o contato com as empresas parceiras propicia um conhecimento prático do mercado;

  • Começo 100% digital: temos aspirantes de todos os lugares do país, gerando oportunidades de forma democrática, conectados à tendência do trabalho remoto;

  • Fontes de financiamento do terceiro setor: atraímos investidores através de editais nacionais e internacionais. Além disso, os incentivos fiscais dão mais sustentabilidade para todas as pontas do modelo de negócio.

  • Barra alta no processo seletivo: como eu disse no primeiro tópico da presente seção, trabalhamos com pessoas em situação de vulnerabilidade social, mas primamos pela qualidade no processo seletivo, dando oportunidade a talentos de alto nível que não teriam acesso sem a existência desse tipo de projeto. Além disso, nossa equipe é composta por profissionais experientes e com vivência no mercado, já acostumados com o público em vulnerabilidade.

Gostou do nosso projeto e quer fazer parte, seja como empresa parceira, aspirante ou desenvolvedor voluntário? Clique aqui e saiba como.


Nos vemos no próximo artigo. Um abraço!


Davi Valukas - Alpha EdTech


14 views0 comments