• davivalukas

Testes técnicos para desenvolvedores: como funcionam

Updated: 3 days ago

“O que todos devemos fazer é nos certificar que estamos usando a inteligência artificial de uma maneira que beneficie a humanidade, e não que a deteriore.” Tim Cook


No mundo de hoje, que vive a plenitude da IV Revolução Industrial e da transformação digital, é impossível pensar em um negócio minimamente relevante para a sociedade que não dependa da tecnologia, mesmo que indiretamente.


Para que o parágrafo anterior faça sentido não apenas na teoria, é essencial a figura do desenvolvedor. Soluções tecnológicas, por mais que sejam nasçam do pensamento de um time de especialistas em planejar e sanar as dores que os diversos setores de uma organização sofrem diariamente, só podem se tornar realidade se passarem pelas mãos de um bom time de desenvolvedores.


Topa vir comigo e entender um pouco melhor como funcionam os testes para programadores?


Segue a leitura depois da imagem!


 

Definições de um bom desenvolvedor


Definir um bom desenvolvedor não é tarefa tão simples, mas podemos apontar para alguns conceitos imprescindíveis para esta análise.


Um bom desenvolvedor é aquele sujeito que, em primeiro lugar, compreende a ideia que dá amparo à solução que está sendo planejada. Sendo assim, antes de um sistema ser implementado, é preciso que haja um entendimento apenas no plano conceitual.


Em seguida, com pleno entendimento do que aquele determinado serviço vai fazer de diferente, o desenvolvedor executa a programação e, por último, faz as correções que vão se apresentando durante o processo.


Desta maneira, podemos dizer que o desenvolvedor não é apenas o sujeito que escreve programas de computador ou, grosso modo, o profissional que dá instruções para uma máquina executar. O desenvolvedor precisa ter uma bagagem conceitual.


Desta forma, o desenvolvedor precisa ser um estudioso da tecnologia, além de ter a capacidade analítica para compreender quais são os anseios da área à qual está ajudando, pois na maior parte das vezes, não se trata de uma área tecnológica, e para uma solução ser considerada como tal, é preciso que ela seja pensada a partir da perspectiva de quem está em sua linha de frente.


Você quer ser um desenvolvedor? Não vá embora antes de terminar a leitura!

 

A importância dos testes técnicos para desenvolvedores


“A promessa da inteligência artificial e da ciência da computação geralmente supera o impacto que poderiam ter em alguns empregos da mesma forma que, enquanto a invenção do avião prejudicou a indústria ferroviária, ela abriu portas muito mais amplas ao progresso humano.” Paul Allen


Testes técnicos para desenvolvedores são importantes pelo mesmo motivo que um teste físico é importante para o atleta de um novo time.


Você pode imaginar que um bom desenvolvedor, como aqueles que eu citei no início do texto, já traz todo um conhecimento prévio, e por isso não precisaria ser testado. Porém, não é tão simples quanto parece.


Quantas linhas o mais simples dos códigos possui? Aqueles jogos antigos para computadores 386 ou inferiores chegavam a milhares de linhas, sem nenhuma sofisticação como as dos jogos modernos possuem.


Por conta disso, existem os testes para desenvolvedores. O assunto é tão sério que até fóruns de debate sobre o tema são realizados em diversos locais da internet.


Como você sabe, os desenvolvedores são divididos entre juniores, plenos e seniores. Porém, mesmo os devs, como são chamados os profissionais desta área, mais experientes podem “tremer na base” no momento de um teste. Por isso, não se engane: testes para desenvolvedores são fundamentais em um processo de recrutamento em TI.


Leia esse texto até o final para entender como funcionam os testes técnicos para desenvolvedores.


 

Testes técnicos para desenvolvedores: como funcionam


Existem diversos tipos de testes para desenvolvedores em um processo de recrutamento e seleção. Não existe um modelo ideal e que seja melhor que os outros, mas existe sim o modelo adequado tanto ao formato do processo seletivo quanto aos objetivos traçados.

Dos diversos modelos de testes técnicos para desenvolvedores, eu separei 3 para você conhecer. Vamos lá?


Hackathons


O termo hackathon é uma junção das palavras inglesas “hack” e “marathon” e significa algo como “maratona de programação com excelência”. Como o próprio nome sugere, um hackathon tem longa duração, podendo levar até dois dias para ser encerrado.


Um ponto interessante é que a empresa pode utilizar um problema real como tema principal do hackathon. Através do esforço dos participantes, o problema pode ser resolvido e a solução encontrada pode ser implementada.


Outra vantagem do hackathon é a possibilidade de se avaliar várias habilidades dos participantes de uma única vez.


Programação em tempo real


Nesse teste, o candidato precisa desenvolver uma solução do zero. Apesar de ser um exercício bastante desafiador, é a oportunidade do desenvolvedor utilizar toda sua criatividade e conhecimentos.


Uma característica da programação em tempo real similar à do hackathon é a avaliação de diversas habilidades e competências, tanto técnicas como comportamentais.


Capacidade de improvisação, trabalho sob pressão, criatividade, conhecimento da linguagem solicitada. Tudo isso é avaliado simultaneamente.


Análise de código de outros desenvolvedores


Analisar um código desenvolvido por outro profissional pode ser um desafio por ser uma obra da mente de outro ser humano.


Similar a uma composição musical, em que a partitura segue um padrão técnico e metodológico mas os aspectos conceituais e a forma como uma ideia será colocada em prática variam conforme o modo como o compositor vê o mundo e a vida, a mesma solução pode ser pensada de diversas formas por diferentes desenvolvedores.


Aqui, o segredo é estar atento às oportunidades de aprimoramento que o desenvolvedor original deixou em seu trabalho, além de simplesmente procurar os erros na multidão de linhas de programação.


Se você tem uma boa bagagem não apenas referente à escrita de códigos, mas de todos os aspectos que gravitam em torno do assunto, basta manter a calma para fazer a diferença nessa modalidade de teste.


O que achou desse texto? Espero que ele tenha sido esclarecedor em relação aos seus conhecimentos sobre testes técnicos para desenvolvedores.


Você é novato e está buscando conhecer os primeiros passos? Torço para que este artigo seja uma inspiração!


Um abraço e até a próxima!


Davi Valukas - Alpha EdTech


89 views0 comments