top of page
  • Writer's picturedavivalukas

Inteligência Artificial e Mercado de Trabalho: 5 novas profissões

Introdução


Neste breve artigo, vamos falar sobre inteligência artificial e mercado de trabalho. Você vai conhecer 5 novas profissões que vão te surpreender. Se você está esperando encontrar apenas profissões relacionadas ao desenvolvimento de softwares, prepare-se!


No cenário dinâmico da evolução tecnológica, é fascinante observar como a inteligência artificial (IA) tem se estabelecido como uma força motriz transformadora. Desde seus primórdios, quando era apenas uma ideia incipiente na mente dos pioneiros, até os dias atuais, onde desempenha um papel onipresente em nossas vidas, a IA tem moldado de maneira inédita a maneira como interagimos com o mundo ao nosso redor.


Esta jornada de progresso não apenas revolucionou indústrias e processos, mas também deu origem a novas profissões que um dia pareceriam futurísticas.


Neste artigo, embarcaremos em uma viagem pelo túnel do tempo, explorando a contextualização histórica por trás do surgimento de cinco novas e cativantes carreiras, todas intrinsecamente entrelaçadas com o florescimento da inteligência artificial.


À medida que nos aprofundamos na narrativa das eras passadas até a era contemporânea, descobriremos como a fusão entre criatividade e tecnologia deu origem a um novo ecossistema profissional, moldado pelo potencial ilimitado da IA e sua adaptabilidade às demandas em constante mutação da sociedade moderna.


Portanto, continue comigo para conhecer mais sobre inteligência artificial e mercado de trabalho.


Inteligência Artificial e Mercado de Trabalho: os pioneiros da IA


Na busca incessante pela compreensão e imitação da mente humana, os pioneiros da inteligência artificial lançaram as bases para a disrupção tecnológica que vivenciamos hoje. Muitos desses visionários enfrentaram desafios monumentais e contribuíram com ideias inovadoras que pavimentaram o caminho para o desenvolvimento da IA.


Um dos primeiros marcos nessa jornada foi a "Máquina de Lógica" proposta por Alan Turing em meados do século XX. Turing, um matemático e lógico britânico, desafiou os limites da máquina calculadora com sua visão de um dispositivo capaz de imitar qualquer processo intelectual que pudesse ser formalmente descrito por uma sequência de etapas lógicas.


Logo depois, em 1956, na Conferência de Dartmouth, considerada um marco na história da IA, nomes como John McCarthy, Marvin Minsky, Nathaniel Rochester e Claude Shannon reuniram-se para estabelecer formalmente o campo da inteligência artificial. John McCarthy cunhou o termo "inteligência artificial" e propôs a criação de softwares que pudessem imitar comportamentos humanos inteligentes.


Marvin Minsky e Dean Edmonds desenvolveram o SNARC (Stochastic Neural Analog Reinforcement Computer), um dos primeiros programas de IA que simulava circuitos neurais. Esses pioneiros não apenas abriram novos horizontes para a pesquisa em IA, mas também plantaram a semente da colaboração interdisciplinar, uma característica fundamental do campo.


No final dos anos 1950, Herbert Simon e Allen Newell criaram o "Logic Theorist", um programa que podia provar teoremas matemáticos, demonstrando que a IA poderia ser usada para tarefas intelectuais complexas. Seus esforços contribuíram para a concepção de sistemas capazes de aprender e adaptar-se a novas informações, dando origem à área de aprendizado de máquina.


Esses pioneiros visionários, entre outros, desbravaram territórios desconhecidos, desafiaram limites conceituais e técnicos, e estabeleceram os alicerces para a criação de uma nova era, onde a inteligência artificial se tornou uma realidade palpável. Suas contribuições não apenas marcaram o início da jornada da IA, mas também inspiraram gerações subsequentes de cientistas e inovadores a transformar suas visões em realidade.


Continue comigo, pois a seguir você vai conhecer 5 novas profissões que surgiram com a popularização da IA. Algumas vão te surpreender!


Inteligência Artificial e Mercado de Trabalho: 5 novas profissões


Com o avanço e a popularização da inteligência artificial (IA), temos testemunhado a criação de diversas novas profissões que antes eram inimagináveis. Essas carreiras emergentes refletem a rápida evolução da tecnologia e sua integração em várias esferas da sociedade.


Abaixo, apresento cinco novas profissões que surgiram com o advento da IA, juntamente com exemplos elucidativos:


  • Especialista em Ética de IA

  • Treinador de IA para Pets

  • Designer de Emoções para Robôs

  • Consultor de Saúde Digital

  • Terapeuta de Vício em Tecnologia

Continue até o final da leitura para conhecer mais sobre inteligência artificial e mercado de trabalho.


Especialista em Ética de IA


À medida que a IA se torna mais presente em nossas vidas, surge a necessidade de profissionais que analisem e tomem decisões éticas sobre o uso dessa tecnologia.


Um especialista em ética de IA é responsável por garantir que sistemas automatizados sejam desenvolvidos e implementados de maneira justa, imparcial e alinhada aos valores humanos. Por exemplo, esses especialistas podem trabalhar em empresas de tecnologia para garantir que algoritmos de contratação não apresentem vieses discriminatórios.


Treinador de IA para Pets


Com a crescente adoção de dispositivos inteligentes para animais de estimação, como alimentadores automáticos e brinquedos interativos, surge a necessidade de profissionais que treinem e personalizem a experiência da IA para cada animal.


Um treinador de IA para pets pode ajustar as configurações dos dispositivos e orientar os proprietários sobre como otimizar a interação entre os animais e a tecnologia.


Designer de Emoções para Robôs


À medida que os robôs se tornam mais presentes em nossas vidas, seja como assistentes domésticos ou companheiros de interação, a necessidade de criar uma experiência emocional autêntica também surge.


O designer de emoções para robôs é responsável por desenvolver expressões faciais, gestos e vocalizações que permitam que os robôs comuniquem emoções de maneira eficaz. Por exemplo, um designer pode trabalhar em um projeto de robô assistente de saúde que transmita empatia aos pacientes.


Consultor de Saúde Digital


Com a proliferação de aplicativos de saúde, dispositivos vestíveis e plataformas de monitoramento remoto, surgiu a necessidade de profissionais que ajudem as pessoas a interpretar e gerenciar seus dados de saúde digital.


Um consultor de saúde digital pode analisar os dados coletados, oferecer orientações personalizadas e auxiliar os pacientes a tomar decisões informadas sobre sua saúde com base nas informações da IA.


Terapeuta de Vício em Tecnologia


Com a dependência cada vez maior da tecnologia, incluindo redes sociais e dispositivos móveis, surgiram preocupações sobre vícios em tecnologia e seus impactos na saúde mental.


Um terapeuta de vício em tecnologia é treinado para ajudar indivíduos a gerenciar seu uso excessivo de dispositivos eletrônicos e a encontrar um equilíbrio saudável entre o mundo digital e o offline.


Conclusão


Essas são apenas algumas das novas profissões que surgiram com a popularização da inteligência artificial. A rápida evolução tecnológica continuará a criar oportunidades únicas e desafiadoras para os profissionais que buscam se adaptar a um mundo em constante transformação.


E você, o que achou das novas profissões que elenquei nesse artigo? O que achou do tema inteligência artificial e mercado de trabalho? Existem muitas outras, e eu te convido a fazer uma pesquisa a respeito em seu buscador favorito (pode até ser o ChatGPT).


Um abraço e até o próximo artigo!


Davi Valukas - Alpha EdTech


Recent Posts

See All

Opmerkingen


bottom of page